Como fazer um seguro de celular?

como fazer um seguro de celular

Pensar em perder o seu celular já lhe dá calafrios? Com certeza sim! Vive assustado achando que irão roubar seu aparelho? É provável! E é justamente devido a esse sentimento de medo que muitas pessoas têm pesquisado hoje em dia sobre como fazer um seguro de celular.

Garantindo uma maior segurança a um bem que está cada vez mais caro, se você tem curiosidade em saber como este seguro funciona, está no lugar certo!

Apesar de que para alguns essa modalidade é uma grande novidade, dia após dia a procura por este seguro tem aumentado. Uma de suas grandes atratividades é o baixo valor investido para garantir que você não tenha prejuízos frente a imprevistos comuns do cotidiano.

Quer saber como fazer um seguro de celular e entender mais a fundo esta modalidade? Leia!

Por que fazer um seguro de celular?

O número de furtos e de roubos tem crescido assustadoramente no Brasil. Hoje, infelizmente, já não existe mais um lugar seguro em que estar para usar o seu celular. Seja no ponto de ônibus, no shopping, ou dentro da sua casa, o risco é constante.

Além do valor do aparelho em si, há ainda o risco de perder as informações que estão nestes celulares.

Quantas pessoas não armazenam inúmeros de seus dados pessoais e profissionais nesses dispositivos? Integram sua agenda e até mesmo softwares de seus negócios dentro deste pequeno aparelho, que pode simplesmente ser levado embora?

É devido a esse contexto que o seguro de celular foi criado. Ele visa garantir que você tenha mais tranquilidade e segurança caso algum imprevisto venha a acontecer.

Vantagens do seguro celular

A contratação de seguros sempre é interessante por garantir que algum bem seu seja preservado. Pode ser o celular, o carro, a casa ou até mesmo a sua vida e de seus familiares. Sempre existem vantagens claras por trás de cada contratação!

Quais são as principais vantagens para quem decide saber como fazer um seguro de celular?

Custo de investimento baixo

A primeira grande vantagem na hora de contratar um seguro de celular é o fato de que este é um custo incrivelmente baixo. Geralmente o valor cobrado varia de 10 a 15% do que o aparelho custou, sendo que este valor pode ainda ser dividido em algumas vezes dependendo exclusivamente do contrato com a seguradora.

Existem seguros de celular que custam R$ 6 reais mensais. Outros são um pouco mais caros por se tratar de iPhones e Smartphones de tecnologia de ponta, vão de R$ 20 a R$ 25 por mês.

Franquia com custo baixo também

Além de pagar mensalmente o prêmio contratado, vale lembrar que em caso de necessidade, como a quebra do seu aparelho, será imprescindível arcar com a franquia. Caso o seu aparelho seja, por exemplo, roubado será preciso pagar de 10 a 20% do valor para retirar um novo.

Ainda assim, isso compensa bastante. Afinal, considere que o seu aparelho assegurado teve um custo de R$ 2 mil reais. Se a franquia a ser paga for de apenas R$ 400 reais, compensará muito, pois você terá um novo celular com que contar!

Troca de aparelho

Ainda falando sobre a possibilidade de troca de aparelho, quem contrata um seguro celular tende a acumular pontos dentro de alguns planos para a realização desta troca.

Vale a pena checar essa possibilidade antes da contratação para entender melhor se ela está inclusa no seu seguro e como funciona, certo?

3 dicas sobre como fazer um seguro de celular

Depois de descobrir o básico sobre o seguro celular, é hora de acompanhar dicas e passos sobre como fazer este seguro. Para ter tranquilidade e segurança é indispensável se atentar aos três tópicos a seguir, já que assim você terá a garantia de ter uma boa proteção. Veja:

1. Escolha a seguradora

A primeira dica e passo é escolher a qual seguradora você dará a chance de se provar a melhor na hora de fazer um seguro celular. São várias as opções no mercado, entretanto é claro que nem todas atenderão plenamente as suas necessidades sendo indispensável uma pesquisa.

Para definir uma seguradora é importantíssimo conhecer mais sobre ela, sua trajetória e experiência. Veja os depoimentos daqueles que já são clientes e tenha a certeza de que no momento de necessidade, a empresa corresponderá sendo ágil e precisa.

Afinal, tudo o que foi combinado e devidamente colocado em contrato deve ser prontamente oferecido a você, caso seja necessário recorrer ao seu seguro!

2. Atenção à cobertura contratada

Assim como nos demais seguros, nem tudo está coberto quando você faz uma contratação dessas. Por isso, é imprescindível tirar todas as suas dúvidas antes de contratar um plano. O que será atendido? O que não está coberto no plano contratado?

A seguradora tem total direito de escrever e estipular quais são os casos em que ela arcará com o seu prejuízo. Isso está claro no contrato a que você deverá aceitar para dar continuidade à contratação.

Um exemplo clássico do que não está coberto nesse tipo de seguro é o furto simples, chamado de “desleixo do cliente”. Ou seja, quando você mesmo coloca o seu bem em risco acabando por perdê-lo graças a isso. Neste caso, não espere o ressarcimento, certo?

3. Operadora x corretora

A última dica é entender que sim, a sua operadora oferece um seguro para celular que vem incluso na fatura e que costuma ter um valor incrivelmente baixo. Mas, você realmente espera encontrar qualidade neste serviço?

Considerando que as operadoras de telefonia são um verdadeiro exemplo de descaso com os clientes, evidentemente este será apenas mais um motivo para ter dores de cabeça! Se não valorizam seus usuários, tão pouco as operadoras valorizarão os contratantes destes seguros que são simples demais e que praticamente não lhe acrescentam.

Se a ideia é ficar longe de problemas perante um prejuízo como este, não escolha a operadora como sua opção de contratação. Prefira uma seguradora que seja expert no assunto.

Agora que você sabe como fazer um seguro de celular, aproveite para conhecer as opções de seguro disponíveis na Yoshie & Maia. Conte com a qualidade e com a garantia de quem entende de fato do assunto. Contrate com mais segurança!